Justiça torna réus dez investigados por desvios na Funcef

DATA: 06/11/2017


Na última quarta-feira (1º), a Justiça transformou em réus dez acusados na Operação Greenfield por gestão temerária e fraudulenta na Funcef. A denúncia se refere à aprovação e aplicação de R$ 141 milhões em parceria com a Ecovix. Entre os réus, estão cinco ex-dirigentes da Funcef.

Com a decisão do juiz Vallisney de Oliveira, passam a ser réus cinco ex-diretores da Funcef, entre eles: o ex-diretor-presidente, Carlos Alberto Caser; o ex-diretor de investimentos, Demosthenes Marques; e o ex-diretor de participações societárias e imobiliárias, Luiz Phillips Peres Torelly. Também viraram réus os sócios da Engevix, José Antunes Sobrinho, Cristiano Kok e Gérson Almada; Vitor Hugo dos Santos Pinto, ex-gerente Nacional de Fundos de Habitação da Caixa; e Walter Torres Júnior, da WTorre engenharia. Os réus terão dez dias para apresentar sua defesa.

A Fenae defende que as investigações sejam conduzidas de forma isenta e célere, e que todas as apurações sejam feitas. Isso é o que os participantes da Funcef esperam.

Fonte: Fenae
Cliques na Notícia: 64

  CONVÊNIOS